sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Vira Noite, Vira Dia...

Vira noite, vira dia,
Não me canso da seresta,
Pelas ruas de Conservatória vou seguindo o seresteiro,
Já é dia, as ruas já estão vazias,
Mas meu coração ainda pulsa com o som do violão, que ecoa pelo meu corpo.


0 comentários:

Postar um comentário

Curso Online de casa de Máquinas e Piscina